Ácido glicólico: como usar, benefícios e riscos

Um produto multi funcional e que ajuda a combater acne, estrias, hiperpigmentação e rugas. Te contamos tudo sobre o ácido glicólico e ainda mostramos as melhores ofertas!
Muito presente em produtos de diversas marcas, como AdcosGranadoSkinCeuticals e Caudalie, pesquisamos tudo sobre o ácido glicólico.
Apesar de parecer intimidador por ser um ácido, descobrimos que é um ingrediente quase mágico e pode ajudar muito na saúde da pele quando utilizado da maneira correta.
Continue lendo para saber mais sobre o que é, quando e como usar, além de seus benefícios e riscos.

Mulher supresa com a boca aberta
Andrea Piacquadio/Pexels

O que é o ácido glicólico, afinal de contas?

O ácido glicólico é um ácido da família alfa-hidroxiácidos (AHA) e é originado, principalmente, de plantas açucareiras, como a cana de açúcar. Por conta de suas propriedades rejuvenescedoras, esfoliantes e hidratantes está presente em muitos produtos de cuidado com a pele, podendo ser em concentrações mais baixas em cremes até concentrações mais altas, nos peelings químicos.
Sua ação acontece pois ele facilita a entrada de substâncias na pele e contribui na formação de colágeno. Com isso, ele acaba retardando e prevenindo o envelhecimento da derme, melhora o aspecto das manchas e ajuda no tratamento de acne e estrias.

Para que usar ácdo glicólico?

Normalmente, por conta das propriedades que mencionamos antes, o ácido glicólico é usado para descamação e rejuvenescer a pele, já que diminui a espessura cutânea e contribui com a produção de colágeno.
O ácido glicólico também pode ser usado para:
  • Clareamento de manchas
O ácido glicólico estimula a renovação das células da pele, acelerando a eliminação das manchas (chamadas de hiperpigmentação) originadas pela exposição excessiva ao sol, melasmaentre outras.
  • Tratamento de estrias.
Ele pode ser usado tanto no rosto quanto no restante do corpo.
  • Tratamento da acne
Ajuda os poros a ficarem livres de substâncias como o queratinócito, além de fechar os poros e ajudar no tratamento de cicatrizes adquiridas com a acne.

Ótimo! Como adiciono na minha rotina?

Como qualquer outro esfoliante, é melhor ir devagar caso você tenha pele sensível ou que fique facilmente irritada. O recomendado é usar em produtos de limpeza ao lavar o rosto, ao invés de aplicação prolongada. Tente combiná-lo com produtos hidratantes.
Se achar que sua pele não ficará irritada, você pode tentar com um peeling (procure a recomendação de um dermatologista). Algumas pessoas acreditam que o ácido é mais eficiente quando usado dessa forma – você pode fazer o tratamento até uma vez por mês.

Mas existem riscos ou efeitos colaterais?

No geral, o ácido glicólico é considerado seguro. Mesmo assim, é preciso que tenhamos cuidado ao fazer uso de produtos que o tenham em sua composição.
Dentre os possíveis efeitos colaterais estão a vermelhidão, ardência e sensação de queimação na pele.
Por isso, antes de incluir esse ácido na sua rotina de cuidados com a pele, procure um dermatologista. Assim, você receberá as melhores indicações sobre como e onde aplicar, além dos melhores produtos.

Já quero! Onde encontro?

O ácido glicólico pode ser encontrado em cremes e loções, em concentrações de até 12%, ou nos peelings químicos, podendo chegar a concentrações de até 70%.
Veja a seguir alguns produtos com ácido glicólico e as melhores ofertas:
Na Cosmetike você encontra as melhores ofertas de produtos para a pele.